Meus Anjos Adorados

Meus Anjos Adorados

Amiguinhos adorados

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Anjos - A Outra


José sempre foi um homem mulherengo. Tinha desculpas pra tudo. Se uma mulher ligasse pra ele e Norma sua esposa estivesse ao seu lado, logo dizia que era a mulher do patrão dando ordem. Se chegasse tarde em casa, dizia que pegou engarrafamento.
Trabalhando mais de  15 anos como motorista particular de um advogado, quase sempre não dormia em casa. O advogado era muito procurado e só vivia viajando à trabalho. Norma já se acostumara com aquela rotina. Era desconfiada porque muitas amigas sempre dizia que José tinha outra, uma amiga até já havia visto ele com uma mulher passeando no shopping, mas Norma sempre dizia: "No dia que eu ver esta sujeita, a cobra vai fumar..."
Outro dia, Norma achou uma carta e uma foto dentro da mala de viagem dele:
 - José, quem é esta mulher, posso saber?

- Não sei, onde você encontrou isto?

- Encontrei na sua mala. Esta aqui é ela, não é?

- Ela quem, Norma? Já estou cansado deste seu ciúme besta. Quer saber você passou do limite.

Norma guardou aquela foto e memorizou a face da sujeita. Dias passaram e José passou uma semana sem ir em casa, foi exatamente nesta semana que Norma foi ao supermercado fazer compras. Ao entrar no setor de frutas e legumes, Norma dá de cara com José e a outra... Conheceu ela rapidamente. Era ela a mulher da foto. Norma sentiu as pernas tremerem pela primeira vez, seus olhos encheram-se de lágrimas, uma gotinha deixou banhar pela face e um sentimento de raiva tomou conta do seu corpo.

(Segue minha Participação)
Imediatamente, Norma passou a mão no celular e ligou para Fernando, um grande "amigo" de infância.
 Com a voz embargada falou:
_ Alô, Fernando
Acabei de encontrar o José com a mulher da foto aqui no supermercado, da esquina da sua casa.
Será que você  poderia vir até aqui rapidinho?
Quero dar uma lição neste safado, disse Norma.
Estarei te esperando no setor de frutas e legumes, viu?
Fernando, que era super apaixonado por Norma, tratou de ir ao encontro da "amiga" querida.
Assim que Norma avistou Fernando, correu e jogou-se nos braços do amado.
Os dois beijaram-se apaixonadamente alí na frente de todos inclusive José e a outra.
Agora não  precisavam mais esconder o romance que mantinham em segredo por tantos anos...
Norma foi morar com Fernando e
José está cada dia com outra...

5 comentários:

  1. Há,há! Bem feito!Adorei teu final! O guampudo era ele,rs Muito bom! bjs, adorei! chica

    ResponderExcluir
  2. Verena, minha filha..que final é esse?!
    Bem feito, ficava fora tanto tempo porque não a queria mesmo.
    Beijo nocê nos seus bichinhos

    ResponderExcluir
  3. Amiga Verena, a Norma pagou com a mesma moeda? rss. Legal! Bem feito para José....
    Parabéns pela criatividade.
    Obrigado pela participação.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi, Verena!
    Como diz o ditado "Há males que vem para o bem". Pensando bem, que casal safadinho! Quer dizer que cada um tinha o seu galho? (rs*)
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  5. Muito bom final feliz! Mas a Norma, hein, por isso é que ela não se importava com os casos do José, safadinha também.
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir

Ficamos felizes com o seu comentário
Volte Sempre!!