Meus Anjos Adorados

Meus Anjos Adorados

Amiguinhos adorados

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Anjos - A Lenda das aranhas do Natal


Há muitos, muitos anos, vivia na Alemanha uma família muito feliz. Naquele dia, era véspera de Natal e a mãe andava ocupadíssima a limpar a casa e a decorar a árvore.

Num canto da casa, lá mesmo junto ao teto, estavam umas aranhas que, ao verem a mãe com a vassoura na mão a limpar, subiram escadas acima e foram esconder-se no sótão.

Quando já era noite alta e toda a casa estava em silêncio, as aranhas desceram as escadas devagarinho e foi então que viram a linda árvore de Natal, brilhando de mil cores. Não conseguiram resistir à tentação e apressaram-se a subir pelo tronco e ao longo dos ramos. Sentiam-se tão felizes que se esqueceram de que eram aranhas e que as aranhas andam sempre a tecer teias.

Pobre árvore! Quando as aranhas chegaram ao seu topo, já ela estava toda coberta de poeirentas teias de aranhas escuras.

As aranhas ficaram tristes e não sabiam o que fazer, quando ouviram um barulho e viram que era o Pai Noel que chegava com os presentes para as crianças. Encheram-se de coragem e pediram-lhe humildemente para as ajudar a reparar o que tinham feito.

O Pai Noel viu a árvore coberta de teias de aranha e ficou um pouco preocupado mas depois sorriu. Já sabia como resolver esta triste situação, deixando ao mesmo tempo felizes as aranhas e sem que a mãe visse a árvore coberta das desgraciosas teias: transformou pura e simplesmente as teias em fios de prata e de ouro! E a árvore luzia e luzia  como nunca!

Foi assim que, a partir daquele dia, as pessoas passaram a enfeitar as árvores de Natal com guirlandas e outras decorações cintilantes.

 DULCE RODRIGUES

8 comentários:

  1. Que linda lenda!
    As aranhas são seres muito incompreendidos como tantos outros na natureza, mas que tem sua importância também no equilíbrio desta.
    abração com carinho a ti e toda galerinha aí.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a lenda amiga Verena,vou contá-la ao meu neto.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Bonita lenda! ainda bem Papai Noel resolveu o problema.beijinhos Pedrinho

    ResponderExcluir
  4. Mas que amor! Não conhecia!Adorei! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. Oi Verena.
    A lenda em si já começa redundante:

    "Há muitos, muitos anos, vivia na Alemanha uma família muito feliz".

    Se vivessem na Alemanha e não vivessem felizes mereciam um tabefe! hahahaha!

    Brincadeiras à parte, gostei muito do post e olha que sou uma aracnofóbica de carteirinha, ao ponto de agora ficar com medo dos enfeitinhos compridos da árvore. #zuera. :P
    Mas que eu não gosto dessas fulanas, ah, não gostou meeesmo!
    Beijos e uma linda semana para ti. :))))

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia! E amei! Mais uma para contar aos meus alunos.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia tb, aprendi um pouco mais aqui. E ainda bem pq com as decorações as árvores ficam mais alegres e bonitas.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  8. Que linda estoria de Natal, nunca tinha lido e ou ouvido Verena.
    Bela partilha amiga.

    ResponderExcluir

Ficamos felizes com o seu comentário
Volte Sempre!!