Meus Anjos Adorados

Meus Anjos Adorados

Amiguinhos adorados

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Anjos - BC Raio X No 14

Esta é a minha participação na BC Raio X da querida Silvana Aqui

Você encontra uma lâmpada e tem direito a 3 desejos. Quais seriam:

1 - Quando ficar mais velha, ainda, que eu não perca a lucidez.


2 - Que minha alegria de viver não se acabe com o passar dos anos.


3 - Um mundo melhor para meus netos.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Anjos - Botando a cabeça pra "funcionar"! No 19

Pelo dom da vida,
e pelos  olhos que me permitem admirar este belo espetáculo da natureza.
Obrigada, Senhor!!!

Chica nos convida a participar Aqui

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Anjos - Meditação

Procurava, por meio da prece e da meditação, 
melhorar o contato com o Deus de sua concepção.
Esta é a minha participação no desafio
 Uma imagem - 140 Caracteres  da Silvana e da  Mari


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Anjos - Histórias em 77 palavras


Desafio Escritiva nº 12

Um ano de escritiva! Estamos muito contentes por terem estado connosco todo este tempo e por terem aceitado todos os desafios propostos. Como estamos no mês do regresso às aulas, que tal se escrevêssemos um textinho sobre a escola, os colegas, as reguadas, os TPC, os professores bem chatos, os recadinhos que passavam de mesa em mesa, a primeira paixão, aqueles lanches que a mamã preparava todos os dias, o recreio e os joelhos esfolados, essas coisas. Vamos recordar tudo isso?

ESTILO PIGMALEÃO
 
Naquela época o corte pigmaleão fazia sucesso.
Uma amiga e eu, achavamos o máximo.
O novo visual foi a sensação do colégio.
Dias depois, no recreio, algumas meninas da minha turma resolveram fazer uma "brincadeira" me trancando no banheiro.
A aula recomeçou.
Todas estavam de volta na sala, inclusive eu.
Outra colega também usava o mesmo corte.
Fora trancada em meu lugar.
O castigo logo veio.
Aquele horrível "pompom"em cima da cabeça deu o que falar...

Uma estória minha foi lida AQUI

domingo, 11 de setembro de 2016

Anjos - Vamos Brincar com a Chica No 32


 GANSA DO HOMEM PUNHA OVOS DE OURO  
Mais Brincadeiras Aqui

"Um homem possuía uma gansa que, toda manhã, punha um ovo de ouro. Vendendo estes ovos preciosos, ele estava acumulando uma grande fortuna. Quanto mais rico ficava, porém, mais avarento se tornava. Começou a achar que um ovo só, por dia, era pouco.
"Porque não põe dois ovos, quatro ou cinco?" pensava ele. "Provavelmente, se eu abrir a barriga desta ave, encontrarei uma centena de ovos e viverei como um nababo". Assim pensando, matou a gansa abriu-lhe a barriga e, naturalmente, nada encontrou."

Moral da história:
Quem tudo quer, tudo perde.
Esopo fabulista da Hélade

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Anjos - Pátria que eu amo.

Meu coração é verde, amarelo, branco, azul anil
A pátria que eu amo,
É o meu Brasil.


Esta é a minha participação no desafio
 Uma imagem - 140 Caracteres  da Silvana e da Mari

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Anjos - Botando a cabeça pra "funcionar"!

 
Minha  participação ficou assim:

Vovó  Chica ainda dorme.
Já está quase na hora de levantar.
Tirei o tenis para não incomodar.
Vou chegando de mansinho.
Um beijinho de bom dia quero dar.


sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Anjos - Montanha da vida


 Suba a montanha da vida sem medo de tropeçar e cair.
Lembre-se que Deus sempre será o seu Guia e Protetor.
Esta é a minha participação no desafio
 Uma imagem - 140 Caracteres  da Silvana e da Mari

Anjos - Histórias em 77 palavras.

Desafio nº 110

Hoje, dou-vos uma série de palavras impostas, 
sabendo que a ordem pode ser livre (de outra forma, eu já estaria em perigo de vida…).
Quais as palavras?
Pois, aí é que está o problema, são estas:
PROBLEMA    SOLUÇÃO    REFÚGIO
MARTELO    ROSA    ESPINHO
TRATADO    DESMEMBRADO

Difícil Solução.

O PROBLEMA parecia de difícil SOLUÇÃO.
Maroca era tia respeitada e  querida.
Vivia naquela casa fazia tempo...
Do seu REFÚGIO seria cruelmente arrancada.
Os sobrinhos haviam feito triste TRATADO.
Bateram o MARTELO.
A casa seria alugada.
Tudo alí seria DESMEMBRADO.
Linda ROSA no jardim não mais veria.
Tudo agora se tornara um pesadelo.
Profundamente ferida estava.
A razão de tanta ingratidão  não comprendia.
Pela velhice já tão castigada.
Um ESPINHO oculto e insuportável,  Maroca atormentava.
Silenciosamente chorava...