Meus Anjos Adorados

Meus Anjos Adorados

Amiguinhos adorados

terça-feira, 31 de julho de 2012

Anjos - Anjinhos exóticos II




DEVON REX


Esta curiosa raça surgiu na década de 60, e é muito parecido – embora não tenha parentesco – com as raças Cornish e Rex Alemão. O que é diferente nesta raça é que ele tem pouquíssimos pêlos superficiais, e é coberto pelos pêlos menores dos gatos, que são enrolados. A raça também é característica pelos olhos e orelhas grandes. Os gatos desta raça são ativos, brincalhões e amigáveis, e gostam de ser carregados no ombro dos donos, como papagaios. O Devon Rex também é uma raça muito inteligente, e aprendem truques com muita facilidade, como buscar brinquedos, além de andar tranqüilamente com coleiras.

SCOTTISH FOLD


Os gatinhos da raça Scottish Fold, também chamada de Coupari, no Canadá, têm uma mutação genética que faz com que a cartilagem da sua orelha tenha uma dobra (“fold”, em inglês) – ou às vezes duas ou três dobras. É quase impossível não se apaixonar por este gato de temperamento tranqüilo e amigável, descobertos em 1961 na Escócia. Estes gatos nascem com a orelha com a aparência normal, mas elas começam a dobrar após cerca de 21 dias depois do nascimento. Nem todos os filhotes de uma mesma ninhada têm a dobra nas orelhas. Além da curiosa aparência, estes gatos têm um hábito bastante incomum: eles gostam de dormir na posição de Buda, sentados com as pernas para a frente e com as costas retas, como um humano.

BOBTAIL JAPONÊS


Gatos desta raça nascem com um rabo em tufo, como o de um coelho – alguns até mesmo pulam como coelhos, em vez de correr! Em 1602, o governo japonês exigiu que todos os gatos fossem soltos para proteger os campos de bichos-da-seda do ataque de ratos. Comprar e vender gatos era ilegal naquela época, então estes gatos viviam nas ruas. Os gatos desta raça têm várias cores, mas o mais famoso é o calico, também conhecido como “mike” em japonês, que tem três cores.

O bobtail japonês é famoso pelos “Maneki Neko” japoneses, os gatinhos sentados com uma pata levantada, que são usados como um amuleto. Esta raça se relaciona à nossa próxima adição à lista, porque muitos deles têm olhos azuis e amarelos, que são muito mais caros que os outros gatos da raça.


KHAO MANEE


No Brasil e em vários outros países, consideramos os gatos de olhos azuis e patas, focinho e rabo escuros como os siameses autênticos. Entretanto, na Tailândia e nas áreas próximas, o Khao Manee é o único gato siamês. Estes gatos, cujo nome significa “jóia branca”, eram a raça nobre do antigo Reino de Sião. Diz a lenda que a pena para o roubo de um desses gatos era a morte.

Os gatos Khao Manee são brancos, geralmente com os olhos de duas cores diferentes, um azul e um amarelo levemente esverdeado. Esta raça é tão única que muitas culturas na Indonésia consideram os gatos como um amuleto de sorte.Nenhum gato da raça era encontrado fora da Tailândia até 1999, quando a criadora de gatos Colleen Freymuth recebeu dois Khao Manee e passou a ser a única pessoa a cuidar desses gatos.

A primeira menção à raça foi feira em 1350 – o que significa que eles foram criados apenas na Tailândia por quase 650 anos. Devido à aura de sorte relacionada à raça e toda a dificuldade em conseguiu um gato deste tipo, eles são vendido por quase 10 mil libras na Inglaterra – quase 30 mil reais!

SAVANNAH


Os savannah são gatos muito interessantes, e foram criados a partir da mistura de gatos domésticos com o serval, um gato selvagem africano. O primeiro gato da raça tinha uma mãe da raça siamesa, mas eles precisam apenas de um ancestral serval para serem considerados desta raça. Eles têm uma aparência selvagem, com manchas e listras, mas sua aparência varia de acordo com a raça do gato doméstico usada no cruzamento.

Gatos desta raça são muito grandes, e aqueles da primeira geração (cruzamento direto de um gato selvagem e um comum) podem chegar a pesar 15 quilos. Eles são muito leais, costumam seguir os donos por toda a casa e gostam de brincar de buscar brinquedos, e podem ser facilmente treinados para usar coleiras. Outra característica incomum da raça é o seu amor à água. Eles até mesmo costumam entrar no chuveiro com os donos, e gostam de pular em bacias cheias de água até esvaziá-las. Eles também pulam muito alto, com muita habilidade, podendo pular a alturas maiores que dois metros. Um gato adorável, mas um pouco bagunceiro.

PERSA TEACUP


O nome dessa raça já diz tudo: os persas “teacup” (xícara de chá) são versões em miniatura dos clássicos gatos persas. Esta raça se tornou popular recentemente, já que as pessoas se mudam para apartamentos cada vez menores, e a demanda pelos gatinhos minúsculos aumentou. O persa teacup não tem uma mutação genética, apenas é o resultado do cruzamento de persas de porte pequeno.

Estes gatos são como os persas comuns, com a pelagem comprida e o rosto achatado, mas nunca crescem mais do que três quilos. Sentados, eles têm aproximadamente 20 centímetros de altura. Infelizmente, a raça tem a mesma propensão para várias doenças que os persas normais, que têm problemas no trato urinário, lúpus e vários tipos de câncer.

MUNCHKIN


Os gatos desta raça não têm uma coloração específica, mas sim uma mutação genética que faz com que as patas sejam muito curtas, um problema chamado de acondroplasia. São gatos anões. Esta diferença no corpo dos gatos não afeta o jeito que eles andam e correm, mas a sua genética traz alguns outros problemas: aqueles que nascem com duas cópias do gene Munchkin não sobrevivem.

Por este motivo, a raça não é reconhecida por sociedades de competição de beleza e pureza de gatos, já que o traço característico da raça é uma deformidade genética. Devido a estes problemas genéticos, os Munchkins têm predisposição a peitos afundados e problemas sérios na coluna. Esta é considerada uma raça, mas pode ter as características de outras, como a pelagem enrolada do Devon Rex, porém com as patas encurtadas e a cabeça maior.

PIXIE-BOB


Esta raça é relativamente grande e é completamente domesticada, mas tem a aparência de um lince. O pixie-bob foi criado a partir do cruzamento entre gatos de rua e gatos selvagens, e a raça não tem uma personalidade estabelecida, exceto pelo fato que os gatos desta raça raramente miam. Eles costumam seguir os donos, e são extremamente inteligentes. Os gatos desta raça gostam de andar com coleiras e brincar com os donos, e entendem comandos e palavras humanas.

MINSKIN


Os gatos desta raça fazem parte de uma série de criações chamadas de anãs: criadas a partir da mistura de um Munchkin (o número 4 da lista) com outras raças de gatos. Os Minski, especificamente, são criados a partir da mistura do Munchkin com os gatos sphynx (nosso número 1). Eles parecem os gatos da raça sphynx, só que menores. Esta ainda é uma raça muito nova, que foi criada em 1998 e tinha apenas 50 exemplares até o ano de 2005.

SPHYNX




Se grande parte dos bichanos da nossa lista são bonitinhos, fofos e despertam grande simpatia, o nosso primeiro lugar tem um visual um pouco diferente. Os gatos da raça sphynx (esfinge, em tradução livre), também conhecida como pelado canadense, nascem sem pêlos. O primeiro gato deste tipo morreu sem ter filhotes, mas em 1967 uma gata e seus filhotes deste tipo se salvaram. Depois disso, os gatos passaram a ser criados em Londres.

Ao contrário do que normalmente se acredita, estes gatos não são completamente desprovidos de pêlos, apenas têm uma pelagem muito curta. Alguns exemplares têm bigodes e pêlos acima dos olhos. Eles precisam tomar um banho por semana, já que os óleos naturais da sua pele não podem ser absorvidos na pelagem como em um gato normal, e por isso eles podem cheirar mal.

Apesar da falta de pêlos, a raça pode causar alergias como qualquer outra, porque a alergia a gatos acontece devido a uma proteína no óleo da pele e da saliva dos gatos, que os sphynx produzem normalmente.


Fonte: Google

domingo, 29 de julho de 2012

Anjos - A Bronca adiantou!!

Terêncio era um macaco bem danado
na aula estava sempre bagunças a aprontar
No seu boletim vinha sempre anotado:
_ TERÊNCIO, precisas muito melhorar!!!

Ele nem com nada se importava
caretas, macaquices ficava a fazer...
Por isso, na escola ninguém mais o aguentava
E estudar nela não iria mais poder!

Papai Gervásio muito bravo então ficou:
Não valorizas o dinheiro que o papai aqui gastou?
E Terêncio   vendo o quanto o magoou
 daquele dia em diante, seu jeito  então mudou!
CHICA

sábado, 28 de julho de 2012

Anjinhos - Anjinhos exóticos I

. Affenpinscher
Este cão pequeno e doce ganhou o apelido de pinscher macaco porque ele tem uma grande semelhança na aparência e personalidade com os primatas.Tem um corpo de terrier, pêlo desgrenhado e rosto esmagado que lhe dá um aspecto bastante singular. Ainda mais estranho é o fato de que o pêlo é mais espesso em volta do peito e ombros do que  em torno das patas, criando um visual que lembra o de uma juba. A cor mais comum é o preto, mas a prata, cinza, vermelho, bege e belge (mistura de vermelho, preto e branco ) são outras possíveis cores.
affenpinscher


. Xoloitzcuintli
Este cão tem um nome que é ainda mais estranho do que a sua aparência.O nome é pronunciado assim: Sho-lo-eets-quint-lee mas se isso se torna muito desafiador este cão também é conhecido como o careca mexicano. Estes cães têm uma longa e única história no México, e foram mesmo considerados sagrados pelos astecas. Os astecas antigos acreditaram que esses cães eram necessários para ajudar a guiar as almas de seus mestres ao submundo. O que faz este cachorro exótico não é só o fato de que ele é careca, mas também porque tem um longo pescoço, orelhas de morcego, olhos amendoados e um corpo elegante.
xoloitzcuintli

 Puli
O Puli tem dreads a que são chamados de cordas e eles começam a se formar quando são filhotes  com 9 meses de idade. As cordas de lã, aparentemente mal cuidadas, que cobrem o corpo compacto do Puli, são sua marca registrada. Sua pelagem requer muitos cuidados, tendo que manter suas longas cordas bem separadas e limpas. Apesar do fato de sua pelagem parecer pesada, estes cães são realmente muito leves e ágeis.
puli
 Cambodian Razorback Dog
Este cão pode parecer normal, às vezes, mas é conhecido por um "moicano" nas costas. Estes são realmente cães tropicais, mas eles têm uma pelagem longa, o que não é comum para um cão que vive nessas áreas quentes. Mas esses cachorros não parecem se importar tanto e podem ser encontrados em todo o Camboja. Este é um cão que gosta de ter seu território bem delimitado, mas ele não late a menos que haja uma necessidade real para isso. 
cambodian razorback dog
. Bergamasco
Este é outro cão com dread muito original, mas este cão não tem dreads na forma de cordas, mas sim na forma de um cacho. Pêlo:  Comprido e cerdoso. Pode ter todos os tons de cinzento, e se tiver malhas brancas, estas não podem ultrapassar os 20% da área total de pêlo, ou negro opaco.
bergamasco
 Lagotto Romagnolo
Este cão pode não parecer totalmente exótico, mas é um cão muito original. Esta raça tem o pêlo muito encaracolado, grosso e lanoso e ainda é considerado como hipoalergênicos. Mas o que realmente torna este cão único é que ele é o primeiro cão conhecido com a capacidade de encontrar trufas. Normalmente, essa é uma característica dos suínos. O Lagotto Romagnolo é também um ótimo cão de companhia.
lagotto romagnolo
Löwchen
O Löwchen é um pequeno cão de aparência exótica mais conhecido como pequeno cão leão devido a sua tosa tradicional. É inteligente e afetuoso, muito apegado à família. Sem dúvida, pode-se afirmar que ele é boa companhia como animal de estimação. É o cão mais raro no mundo e o cão mais caro do mundo. Calmo e alegre, o Löwchen necessita de alguns cuidados especiais com sua pelagem longa, ondulada e densa.
lowchen
 Bedlington Terrier
e invO Bedlington Terrier tem a aparência de um cordeiro, com pêlo lanoso e encaracolado. Estes cães apresentam uma forma corporal que não é comum para um Terrier, sendo a sua constituição mais parecida com a de um Greyhound ou Whippet, o que lhe permite correr a grandes velocidades. Tem uma cabeça estreita, parecida com uma pêra e pernas longas. Eles têm cabeças em forma de pêra, orelhas triangulares e pelos que se parece com o cabelo crespo das ovelhas. Gracioso e com a aparência de frágil, este cãozinho pode facilmente enganar os desavisados. Na realidade, por trás dessa carinha de ovelha mansa está escondido um temperamento valente e decidido que, no passado, contribuiu para tornar a raça uma exímia caçadora
bedlington terrier
Mastim Napolitano
Este cão tem uma aparência muito exótica por causa da quantidade de pele solta que se dobra sobre o seu rosto. Eles têm essas dobras em todo seu corpo, mas elas são mais proeminentes na face e cabeça. Estas dobras realmente envolvem um cuidado extra porque os donos terão de limpar entre as dobras, a fim de evitar a acne e infecção. Esses cães têm uma aparência muito formidável e é por essa razão que um Mastim foi escolhido para ser Fang em Harry Potter.
neapolitan mastiff
 Chinese Crested
Este cão tem sempre a má reputação de ser a raça de cão mais feia. Isso ocorre porque o cão não tem pêlos em toda parte, menos no topo de sua cabeça, patas e cauda.  No Verão, devem utilizar protetor solar e no Inverno devem usar agasalhos. Esta variedade tem os dentes bastante frágeis que começam a cair enquanto jovens adultos. Por não ter pêlo, os cães acumulam gordura facilmente e por isso necessitam de banhos mais frequentemente do que a maioria das outras raças caninas. Eles também precisam ser lavados e hidratados regularmente a fim de evitar a pele seca e infecções.
chinese crested

Fonte: Google

terça-feira, 24 de julho de 2012

Anjinhos - ENTENDENDO SEU "ANJINHO"

VOCÊ SABIA??
Quando um cachorro coloca o rabo no meio das pernas, ele está com medo. Melhor ter cautela: uma aproximação brusca pode deixar o animal agressivo
Se o cão anda com as costas arrepiadas e abana só a ponta do rabo, esticado para cima, quer intimidar um oponente. Ou uma pessoa vista como uma ameaça
Ao virar de barriga para cima, o animal se coloca em uma posição bastante vulnerável. Na língua dos cachorros, isso é uma demonstração de submissão
Esta é fácil: o gesto de abanar o rabo relaxadamente, com movimentos amplos, significa que o cão está amistoso e confiante
Quando o animal dá a pata, é sinal de que ele confia em você e quer alguma coisa. É um hábito comum principalmente nos filhotes de cachorro
Um cão rodopiante pode estar se preparando para deitar. Mas também pode querer avisar que, em breve, seu chão estará cheio de fezes ou urina
Mostrar os dentes é uma bravata. O cão exibe as armas, mas não quer briga. Significa algo como: “Saia antes que eu precise mordê-lo”
Um cachorro que pula em cima do dono quer dizer “eu sou quem manda na matilha” – no caso, os moradores da casa, sejam eles cães ou humanos
Lambida é Sinal de Carinho?
Em grande parte das vezes, é. Em uma matilha, o cachorro ou o lobo lambe os animais de que gosta. Atitudes como essa, antes reservadas apenas aos membros de sua própria espécie, passaram a ser aplicadas a seres humanos – em especial aos donos – quando os cães foram domesticados. Além de afeto, a lambidela pode ser uma demonstração de reverência. “Lambidas perto do queixo ou da boca estão relacionadas com submissão”, afirma Alexandre Rossi, zootecnista da Universidade de São Paulo e especialista em comportamento animal. “O filhote lambe o queixo da mãe para que ela regurgite comida”, diz. O cachorro adulto faz o mesmo com seu dono. O animal, no entanto, não espera que você cuspa alimento. O gesto é um sinal de que ele vê a pessoa como o manda-chuva do pedaço.
A língua dos cães tem uma série de funções. Entre elas, serve como um “exaustor” – cães não transpiram, põem a língua de fora para espantar o calor.
A lambida pode também servir para captar substâncias de outros animais – como a urina, usada para demarcar território. Se você vir seu cachorro lambendo xixi, lembre-se de que ele não é um porco imundo, mas sim que pode estar só conferindo se seu "amiguinho" não invadiu espaço alheio.

FONTE: REVISTA SUPER INTERESSANTE

domingo, 22 de julho de 2012

Anjos - Anjos adorados




Nós, anjos adorados, desejamos as boas-vindas ao nosso novo Blog!!!
Tenham uma segunda- feira bem alegre e feliz!!
Muitos Lambeijos e Ronrons dos seus anjos
Pepi, Xixo, Juja e Jujuba 

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Anjos - "Love is in the air" em Minas Gerais

Os animais de estimação estão em alta, e os mimos para agradar os bichinhos parecem não ter limites. De olho neste segmento mercadológico, o empresário Fabiano Loures, de 26 anos, acabou de inaugurar no bairro Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte, um prédio com oito andares lotados de artigos e serviços para cães, gatos, pássaros, roedores e peixes. Ao todo são 2,4 mil metros quadrados e 60 funcionários, entre veterinários, zootecnistas e biólogos, a serviço dos “amiguinhos”
Loures inovou com o empreendimento e criou o "Pet Motel", para que cães e gatos tenham o cruzamento em um ambiente temático com espelho em formato de coração no teto, acompanhado por um veterinário. O objetivo é que os animais tenham conforto e comodidade. A diária custa a partir de R$ 100.
Miriam Saraiva levou a cadelinha Charlotte para 'conhecer' o espaço. (Foto: Alex Araújo/G1)Miriam Saraiva levou a cadelinha Charlotte para
'conhecer' o espaço. (Foto: Alex Araújo/G1)
Para abrir o negócio, Loures investiu cerca de R$ 2 milhões. “Fizemos uma pesquisa e constatamos que esta área tem grandes oportunidades e o mercado de Belo Horizonte ainda era carente”, diz.
Se o assunto é diversão, os bichinhos também têm espaço garantido. O sétimo andar abriga o Pet Salão de Festas para recepções e comemorações com mobiliário, decoração e bufê especializado em festa para animais.
Além do diferente, o local ainda conta com banhos e tosas a partir de R$ 20, consultas por R$ 100, day care com pacotes mensais de R$ 290, hotel a R$ 60 a diária e pet academia que tem esteira seca a R$ 40 e a aquática a R$ 80.
A aposentada Miriam Saraiva, de 55 anos, foi conhecer os espaços e levou a cadelinha Charlotte, da raça spitz alemão. Miriam diz que faz de tudo para agradar a cachorrinha, e aprovou a abertura do novo espaço. “É um diferencial porque desta forma não existia em Belo Horizonte.”
Espelho no teto, em formato de coração, decora o 'Pet Motel' em BH. (Foto: Alex Araújo/G1)Espelho no teto, em formato de coração, decora o
'Pet Motel' em BH. (Foto: Alex Araújo/G1)
Mercado de pets
De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos para Animais de Estimação, no ano passado o mercado movimentou R$ 11 bilhões. Mundialmente, o setor faturou US$ 76 bilhões. O Brasil tem 98 milhões de animais de estimação e o gasto médio mensal com eles é de R$ 350.
Segundo pesquisa realizada pelo Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal, 37% dos lares de Belo Horizonte possuem cães ou gatos. Quanto maior a renda, maior o interesse/condição de adquirir um pet. No país, 1,55 é a média de cães por lar.
Fabiano Loures investiu cerca de R$ 2 milhões no mercado pet. (Foto: Alex Araújo/G1)Fabiano Loures investiu cerca de R$ 2 milhões
no mercado pet. (Foto: Alex Araújo/G1)
Conheça os serviços oferecidos
1º andar (subsolo): salão de beleza, Táxi Dog e supervisão veterinária;
2º andar: show room dedicado a todas as espécies com viveiros, aquários e produtos. Pet Praça de Alimentação com sorveteria, padaria e restaurantes, livraria e café ao ar livre;
3º andar – Andar do Cão: Pet Loja do Cão, Sala de Terapias com ofurô e farmácia veterinária;
4º andar – Andar dos Pássaros, Peixes e Roedores: pet lojas, aquarismo e pet hotel para pássaros e roedores, com hospedagem 24h;
5º andar – Andar do Gato: Pet Loja do Gato, consultório veterinário, Pet Salão de Estética, Pet Hotel;
6º andar – Saúde Pet: consultórios veterinários e odontológicos; Acãodemia de ginástica; Pet Creche e Pet Motel;
7º andar – Eventos do Pet: Pet Salão de Festas, circuitos de eventos do mundo pet;
8º andar – Pet Parque: cobertura ao ar livre, cercada, para atividades recreativas e complementares para os tratamentos veterinários.
FONTE: G1

Anjos - E a resposta do Théo é...

Amiguinhos,
Esperamos que tenham gostado da nossa nova casinha
A nossa antiga estava dando problemas então, resolvemos nos mudar...
Desculpem os transtornos
Sejam muito bem -vindos!!!
O Théo procurou um pouco para achar o nosso novo cantinho e demorou para dar a resposta

E a resposta é:

É só nadar, porque os crocodillos estão em reunião

E aí?...gostaram?
Parabéns para a Mauau, o Gatito e a Tia Gam por terem acertado
Muitos lambeijinhos, ronrons e carinhos de
Pepi, Xixo, Juja e Jujuba